Sábado, 30 de Abril de 2016

Em todas as ruas do amor serás meu e eu serei tua ...

DSC_5156

Nikon D3200, 18-55mm @ 26mm, f/4.2, 1/13s, ISO 100 

PDS | Alentejo | Portugal

 

Se sou tinta, tu és tela
Se sou chuva, és aguarela
Se sou sal, és branca areia
Se sou mar, és maré cheia
Se sou céu, és nuvem nele
Se sou estrela, és de encantar
Se sou noite, és luz para ela
Se sou dia, és o luar.

 

"Todas As Ruas do Amor - Flor de lis"


publicado por Paulo Brites às 19:02
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 21 de Abril de 2016

O que é maravilhoso?

DSC_4961

Nikon D3200, 18-55mm @ 18mm, f/9, 1/50s, ISO 100 

Porto Corvo | Alentejo | Portugal

 

Hoje dei por mim a pensar nas relações humanas de um modo geral. E ao fazê-lo, dei também por mim a conceber a seguinte analogia…:

Uma relação – qualquer que seja – é como uma planta num vaso de vidro. Não basta tratar, regar e/ou nutri-la. É também necessário ter cuidado com o vaso. Porque, como qualquer peça de vidro, quando descuidada, pode partir. E se tal acontece, não tem arranjo. Fica lá, a rachadura ou o sinal do pedaço partido. Mesmo que colado, notar-se-á o estrago! Além disso, fica mais frágil. Qualquer pequeno toque pode abri-lo de vez e deixar a planta sem amparo, sem aconchego, sem sustentação.

 

….

 

O que é maravilhoso?

Para mim, é ter ao meu lado um Ser que me entende, que me admira, que me respeita… que é autêntico e verdadeiro comigo, o tempo todo!

Um Ser a quem digo o que penso e sinto, e o oiço de igual modo.

Com quem sei poder contar - por quanto tempo, só Deus o sabe, mas enquanto durar, sei que estará sempre.

 

O que é maravilhoso?

Para mim, é constatar esta lei da reciprocidade - sou para ele o que ele é para mim, sem dúvida! Talvez seja também a lei da atração – atraímos o que Somos; amamos somos amados… o que damos, recebemos…

 

[© Graça Aguiar]


publicado por Paulo Brites às 01:07
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 19 de Abril de 2016

... se regressares trás-me contigo!

DSC_4880

Nikon D3200, 18-55mm @ 29mm, f/8, 1/500s, ISO 100 

Porto Corvo | Alentejo | Portugal

 

... se regressares trás-me contigo!

 


publicado por Paulo Brites às 23:51
link do post | comentar | favorito
|

Existem lembranças que nunca se irão apagar

DSC_5113

Nikon D3200, 18-55mm @ 35mm, f/7.1, 1/2000s, ISO 220 

Porto Corvo | Alentejo | Portugal

 

Existem lembranças

que os ventos dissipam,

que as distâncias serenam,

mas que nunca se apagam

 

"Graça Aguiar in: Ventos do Sul"


publicado por Paulo Brites às 23:20
link do post | comentar | favorito
|

Vamos. Sem perguntas. No caminho eu explico-te.

 

DSC_5010-1

 

Nikon D3200, 18-55mm @ 24mm, f/14, 1/250s, ISO 100 

Porto Corvo | Alentejo | Portugal

 

Vamos? Não tens de decidir sequer. É entrares e pronto. É arriscares sem perguntas. Sem querer saber onde vai dar o caminho. Ir andando sem certezas, mas com determinação. Ir só porque ir é o que faz sentido. Ir porque apetece. Continuar só porque sim.

Vamos. Sem perguntas. No caminho eu explico-te.

 

- Rita Leston -


publicado por Paulo Brites às 22:57
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 13 de Abril de 2016

“Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas”

DSC_4699

Nikon D3200, 18-55mm @ 18mm, f/10, 1/125s, ISO 100 

PDS | Alentejo | Portugal

 

"Amar nao é olhar um para o outro, é olhar juntos na mesma direção" Saint Exupéry

Quando nos conhecemos, fiquei surpreendido com alguns sentimentos! Entendi o que eram as tais borboletas no estômago, o disparar do coração, as mãos a suar …hoje, sinto-me feliz! Feliz por captar essa imagem, feliz por olharmos na mesma direcção, feliz por sentir que existe um caminho, feliz por estar nesse caminho, feliz por tudo isso … e que nunca se esqueça a que talvez seja a frase mais bela de Saint Exupéry:

“Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas”


publicado por Paulo Brites às 20:58
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 11 de Abril de 2016

Eu Não Existo Sem Você

DSC_3026

Nikon D3200, 18-55mm @ 18mm, f/7.1, 1/40s, ISO 400 

PDS | Alentejo | Portugal

 

Assim como o oceano
Só é belo com luar
Assim como a canção
Só tem razão se se cantar
Assim como uma nuvem
Só acontece se chover
Assim como o poeta
Só é grande se sofrer
Assim como viver
Sem ter amor não é viver
Não há você sem mim
E eu não existo sem você

 

Eu não existo sem você - Tom Jobim / Vinicius de Moraes


publicado por Paulo Brites às 23:21
link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 10 de Abril de 2016

Cantando p'ra ti chorei ... Tal é a minha paixão

DSC_4808

Nikon D3200, 18-55mm @ 18mm, f/9, 1/320s, ISO 100 

Serpa | Alentejo | Portugal

 

Senti assim que cheguei

Apertar-me o coração

Cantando p'ra ti chorei

Tal é a minha paixão

 

Ó Serpa de Guadalupe

Das muralhas casas brancas

Dos poetas e pastores

Dos cantes até às tantas

Não se cantam as gargantas

Dos teus filhos a cantar

São preces à Santa Mãe

Ao seu enconto sem par

 

Senhora de Guadalupe

Cantando te vou rogar

Esse milagre tão lindo

A Serpa um dia voltar

 

in Cancioneiro de Serpa


publicado por Paulo Brites às 22:42
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 8 de Abril de 2016

Por hoje estou feliz também

DSC_4766

Nikon D3200, 18-55mm @ 45mm, f/5.3, 1/10s, ISO 100 

São Vicente do Pigeiro | Alentejo | Portugal

 

“- Por hoje estou feliz também. […]. Por hoje quero-te mais do que ontem… menos que amanhã e muito… muito menos que depois de amanhã.”

[Vento do Sul ® – Graça Aguiar]


publicado por Paulo Brites às 22:36
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 7 de Abril de 2016

Caminho da felicidade

DSC_4757

Nikon D3200, 18-55mm @ 18mm, f/3.5, 1/30s, ISO 100 

São Vicente do Pigeiro | Alentejo | Portugal

 

Amanheço e anoiteço envolvido por um sentimento que me faz bem. Gosto de partilhar contigo cada momento, cada situação… uma palavra de carinho, um sorriso, um abraço, um beijo... é esse com toda a certeza o caminho da felicidade!


publicado por Paulo Brites às 22:48
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 4 de Abril de 2016

... e eis que do nada surge essa imagem!

DSC_4731

Nikon D3200, 18-55mm @ 24mm, f/9, 1/125s, ISO 100 

Alentejo | Portugal

 

No caminho que fazemos todos os dias existe sempre algo de novo …! Novas imagens, novas conversas, novos desafios, novas pessoas …, que muitas vezes estão à frente dos nossos olhos e não as conseguimos ver e, não as vimos porque em muitos casos temos medo e nem nos apercebemos disso!

Como alguém diz: Sabes o que acontece quando ultrapassas o teu medo? Deixas de pensar “E se eu não consigo?” E passas a dizer a ti próprio “Vamos a isso!” Sabes quanto vale isto? TUDO!!!

Que o amarelo se funda com o verde e sobre o azul nos faça ver e perder os nossos medos!


publicado por Paulo Brites às 17:11
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 1 de Abril de 2016

Naqueles dias em que por qualquer motivo não conseguimos contemplar a beleza do sol ...

DSC_2326

Nikon D3200, 18-55mm @ 24mm, f/6.3, 1/160s, ISO 100 

Monsaraz | Alentejo | Portugal

 

“Se choras por não teres visto o pôr do sol, as lágrimas não te deixarão ver as estrelas.”

Rabindranath Tagore

 


publicado por Paulo Brites às 23:04
link do post | comentar | favorito
|

.Mais sobre mim

.pesquisar

 

.posts recentes

. Monsaraz ...

. Um olhar para Monsaraz

. Há sempre um por do sol p...

. Um raio de luz

. Bom Ano Novo

. O sonho

. A loucura de uma sombra o...

. De tempo a tempo

. Alentejo

. Wonderful life

.arquivos

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

.tags

. todas as tags

.favoritos

. Sigo a estrada que me vai...

. Não há qualquer tragédia ...

. Momento

. Como é bom estar contigo!

.subscrever feeds