Terça-feira, 20 de Junho de 2017

Hoje vais à praia? Vais ficar em casa? O que é que vais fazer?

DSC_8754-1-2

Nikon D3200, 18-55mm @ 18mm, f/3.5, 1/160s, ISO 100

Por ai ... em Portugal

 

-Hoje vais à praia? Vais ficar em casa? O que é que vais fazer?

-Não sei! Está muito calor! Com este calor não me apetece fazer nada …

-Sim verdade … este calor tiranos energia. Mas vais ficar em casa com esse calor? Não queres vir para à praia? … Então o que é que vais fazer?

-Não sei … está muito calor. No entanto ficar em casa não é solução …

-Claro que não! Em casa nada acontece!

-Bem que poderias vir comigo á praia!

-Mas está muito calor …

-Sim está mesmo muito calor! Se não queres vir não te poderei forçar a nada.

-Olha o que gostaria agora era não estar com esse dilema, se vou ou não contigo para a praia!

-Certo, mas isso é uma “consequência” não um “dilema” nem um “resultado”! Com ou sem calor o que interessa é a forma como tu encaras e vives a vida. O vires comigo para a praia ou ficares em casa não é “consequência” do calor! Tenta analisar isto de outra forma, que “resultado” pretendes?

-Agora sou eu que não estou a entender …

-Simples, existe uma grande diferença entre “consequência” e “resultado” em tudo aquilo que fazes, pensas ou queres.

-Como por exemplo?

-Um “resultado” é um desejo, um objetivo. É algo conscientemente desejado. Uma “consequência” é o que vem a seguir. Por exemplo: Se optares em ires para a praia dar um mergulho, brincar na areia … convidares uma amiga para te acompanhar e mesmo com muito calor passares umas horas a falar, a felicidade será uma “consequência”, porque vais tentar obter um “resultado”. Vais tentar um momento de felicidade.  E isso é uma “consequência”!

-Analisando desta forma, tens razão, mesmo com este calor é sempre melhor ir á praia ao invés que ficar em casa sem qualquer “consequência” …  

-Claramente! A “consequência” significa que se tu estás bem-disposta, aberta para a vida, com vontade de brincar de te divertires, de amares e seres amada … a felicidade acontecerá! Ao contrário se ficas fechada no teu “casulo” e somente pensas na felicidade ela nunca irá acontecer! Uma “consequência” é sempre o resultado de algo que tens que procurar … Se ficas em casa porque está calor, nunca saberás que “resultado” irás ter se fores para a praia. É assim em tudo na vida, no amor, no divertimento, no trabalho e nos sonhos …

-Mas o que quero mais na vida é ter esse “resultado”, ser feliz!

-Então vem comigo, vamos para a praia. Mas deixa-te ir sem te interrogares se vais ou não ser feliz por este momento! Porque se estás ansiosa pela felicidade essa ansiedade não te irá permitir ser feliz, por sua vez, não vais conseguir atingir o teu objetivo. Significa que o “resultado” que queres não o vais atingir e, também isso é uma “consequência” de ti própria.

A felicidade não é um “resultado”, é uma “consequência” … Tal como no amor se pensares que vais ser feliz por amares, a infelicidade será uma “consequência”, não um “resultado” e, ai não irás com toda a certeza ser feliz. Porque por muito motivada que possas estar, o amor não é motivação, isso é outra coisa … e tu não irás obter o “resultado” do teu objetivo. A “consequência” disso não é a felicidade …

O amor acontece, não existe motivação por detrás dele. E, quando isso acontece, não penses demais, nem faças “filmes” desnecessários … pensa antes que isso poderá ter uma “consequência” e que te irá levar a um “resultado” … a felicidade! 

-Ainda fiquei com mais calor e mais baralhada depois de te ouvir …

 

-Sim, mas afinal … vais à praia? Vais ficar em casa? O que é que vais fazer?

 

© Paulo Brites (excerto do meu novo projecto)


publicado por Paulo Brites às 15:35
link do post | comentar | favorito
|

.Mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 12 seguidores

.pesquisar

 

.posts recentes

. Ver para além dos Olhos

. Simplicidade

. Se me deixasses ser

. Se sou tinta tu és tela ....

. La canción más hermosa de...

. Põe de lado o GPS

. A melhor foto das eleiçõe...

. 15 anos depois ...

. Encontro

. Particípio ...

.arquivos

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

.tags

. todas as tags

.favoritos

. Sigo a estrada que me vai...

. Não há qualquer tragédia ...

. Momento

. Como é bom estar contigo!

.subscrever feeds