Quarta-feira, 8 de Fevereiro de 2017

Manuel Alegre

DSC_6087

Nikon D3200, 18-55mm @ 55mm, f/4.5, 1/40s, ISO 100 

Praia da Marinha | Algarve | Portugal

 

A versão musical do poema de Manuel Alegre que mais gosto!

 

https://www.youtube.com/watch?v=9e9-HMfgiv0

 

Meu amor é marinheiro

E mora no alto mar

Seus braços são como o vento

Ninguém os pode amarrar.

 

Quando chega à minha beira

Todo o meu sangue é um rio

Onde o meu amor aporta

Seu coração - um navio.

 

Meu amor disse que eu tinha

Na boca um gosto a saudade

E uns cabelos onde nascem

Os ventos e a liberdade.

 

Meu amor é marinheiro

Quando chega à minha beira

Acende um cravo na boca

E canta desta maneira.

 

Eu vivo lá longe, longe

Onde passam os navios

Mas um dia hei-de voltar

Às águas dos nossos rios.

 

Hei-de passar nas cidades

Como o vento nas areias

E abrir todas as janelas

E abrir todas as cadeias.

 

Assim falou meu amor

Assim falou-me ele um dia

Desde então eu vivo à espera

Que volte como dizia.

Manuel Alegre


publicado por Paulo Brites às 14:24
link do post | comentar | favorito (1)
|

.Mais sobre mim

.pesquisar

 

.posts recentes

. A sensação mais agradável...

. Nós nascemos para evoluir

. Por ai ...

. A razão de ser alentejano...

. Sonhos

. Viajar

. Afinal como foi o teu dia...

. Alma

. Até a nossa companhia é c...

. Varanda do Alqueva

.arquivos

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

.tags

. todas as tags

.favoritos

. Sigo a estrada que me vai...

. Não há qualquer tragédia ...

. Momento

. Como é bom estar contigo!

.subscrever feeds