Domingo, 4 de Fevereiro de 2018

Original é o poeta ...

DSC_3618-1

Nikon D3200, 18-105mm @ 18mm, f/3.5, 1/4000s, ISO 800

Por ai ... 

 

Original é o poeta

que se origina a si mesmo

que numa sílaba é seta

noutro pasmo ou cataclismo

o que se atira ao poema

como se fosse um abismo

e faz um filho ás palavras

na cama do romantismo.

Original é o poeta

capaz de escrever um sismo.

 

 (…)

 

Original é o poeta

que chegar ao despudor

de escrever todos os dias

como se fizesse amor.

Esse que despe a poesia

como se fosse uma mulher

e nela emprenha a alegria

de ser um homem qualquer.

 

José Carlos Ary dos Santos


publicado por Paulo Brites às 15:42
link do post | comentar | favorito
|

.Mais sobre mim

.pesquisar

 

.posts recentes

. Alentejo

. Original é o poeta ...

. O tempo ...

. Camões ...

. Será arte Rupestre?

. Achei um verso ...

. Conheço a tua cara mas nã...

. Teimoso subi ao cimo de m...

. Monsaraz ...

. Um olhar para Monsaraz

.arquivos

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

.tags

. todas as tags

.favoritos

. Balanço

. Sigo a estrada que me vai...

. Não há qualquer tragédia ...

. Momento

. Como é bom estar contigo!

.subscrever feeds