Sexta-feira, 25 de Novembro de 2016

Saudades do Verão ... quero o teu amor d'água fresca

DSC_5711-1-2

Nikon D3200, 18-55mm @ 18mm, f/16, 1/80s, ISO 100

Portimão | Algarve | Portugal

 

Quando eu vi olhos de ameixa

E a boca de amora silvestre

Tanto mel, Tanto sol

Nessa tua madeixa perfil, sumarenta e agreste

 

Foi a certeza que eras tu

O meu doce de uva

E noz sobre a mesa

O amor de morango e caju

 

Peguei, trinquei e meti-te na cesta

Risi dás-me a volta à cabeça

Vem cá, tenho sede

Quero o teu amor d'água fresca, oh oh oh oh

 

Tens na pele travo a laranja

E no beijo três gomos de riso

Tanto mel, tanto sol, fruta, sumo, água fresca

Provei e perdi o juízo

 

Foi na manhã acesa em ti

Abacate, abrunho

E a pêra francesa, romã

Framboesa, kiwi

 

Peguei, trinquei e meti-te na cesta

Risi dás-me a volta à cabeça

Vem cá, tenho sede

Quero o teu amor d'água fresca

 

Dina - Amor de água fresca


publicado por Paulo Brites às 23:11
link do post | comentar | favorito
|

.Mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 12 seguidores

.pesquisar

 

.posts recentes

. Ver para além dos Olhos

. Simplicidade

. Se me deixasses ser

. Se sou tinta tu és tela ....

. La canción más hermosa de...

. Põe de lado o GPS

. A melhor foto das eleiçõe...

. 15 anos depois ...

. Encontro

. Particípio ...

.arquivos

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

.tags

. todas as tags

.favoritos

. Sigo a estrada que me vai...

. Não há qualquer tragédia ...

. Momento

. Como é bom estar contigo!

.subscrever feeds