Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

As Imagens da Minha Objectiva

As Imagens da Minha Objectiva

How Deep Is Your Love

Paulo Brites | 18.10.21
  (...) how deep is your love, how deep is your love i really mean to learn cause we're living in a world of fools breaking us down when they all should let us be we belong to you and me (...) Be (...)

Vertigem

Paulo Brites | 17.10.21
  Haverá luz sugada no escuro? Será calor o murmúrio do frio? Terá amor o avesso da vida? Haverá sonhos no fundo da dor? Serão gritos os cais do silêncio? Será coragem a tremura do medo? Have (...)

O mar serenou

Paulo Brites | 14.10.21
  O pescador não tem medo É segredo se volta ou se fica no fundo do mar Ao ver a morena bonita sambando Se explica que não vai pescar Deixa o mar serenar O mar serenou quando ela pisou na areia (...)

Vamos levantar voo

Paulo Brites | 13.10.21
  Vamos levantar voo Nesta noite sem rede Minha chuva de outono Minha terra com sede Vamos ser reis sem trono Um vai e vem de abandono Uma paz sem retorno Vamos levantar voo Longe das trevas N (...)

Acendo um cigarro

Paulo Brites | 10.10.21
  (...) acendo um cigarro ao pensar em escrevê-los E saboreio no cigarro a libertação de todos os pensamentos. Sigo o fumo como uma rota própria, E gozo, num momento sensitivo e competente, A libertação de todas as especulações

Ouve-se o mar

Paulo Brites | 02.10.21
  Agora Que a chuva cai devagar Lá fora E a noite vem devorar O sol E tudo fica em silêncio Na rua E ao fundo Ouve-se o mar Agora Talvez te possas perder Devora O que a saudade te der A vida Lev (...)

Pássaros do Sul

Paulo Brites | 22.09.21
  O bando debandou subindo do arvoredo do vácuo que ficou no fim do seu degredo as asas abrem chagas no acinzar do entardecer e amansam a agonia do dia a escurecer Ensombram a ribeira e o (...)

Ondas do mar ...

Paulo Brites | 22.09.21
  Ondas do mar Quem vos vê não vai acreditar Que um dia, outro dia Vocês me quiseram tentar A deixar-me abraçar e esquecer E deixar-me levar de uma vez por vocês Ondas do mar Mas veio (...)

Olha como a vida é boa

Paulo Brites | 19.09.21
  Eu fui mais fundo e além do tempo E devorei o teu pensamento Eu queria todo para mim Achei o medo numa esquina Mas com o meu fato de heroína Desafiei-o e venci Só me apetece o teu abraço Pudesse (...)