Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

As Imagens da Minha Objectiva

As Imagens da Minha Objectiva

25 de Outubro, 2020

Um poema e uma fotografia - parte XXXVII - Paulo Brites

Paulo Brites

DSC_11090-1.jpg

 

AFINAL, NÃO É DIFICIL AMAR

Uma porta aberta, uma passagem
como num comboio sem paragem
e sem janelas com miragem.
Apresentar, falar,
dialogar, socorrer,
ainda antes de acontecer.
Um beijo ao acordar
esquecer a palavra mudar
ter sempre tempo para dar.
Errado ou não, desculpar!

Com medo de nos envergonhar,
na hora de trabalhar sentir a beleza do baralhar,
se devo ou não abrir,
uma mensagem acabada de enviar.

Uma espera para o chuveiro se utilizar;
um incenso; uma massagem! Um diálogo ao jantar
um passeio para dar um desejo para sonhar
um abraço e um beijo para aconchegar.

Um futuro incógnito mas atento
que em todo o momento
é necessário conquistar.
Afinal, não é assim tão difícil de amar.

Paulo Brites