Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

As Imagens da Minha Objectiva

As Imagens da Minha Objectiva

26 de Outubro, 2020

Um poema e uma fotografia - parte XXXVIII - Paulo Brites

Paulo Brites

DSC_11022-1-2.jpg

 

UM POEMA AO FATALISMO

Mas que coisas?
Coisas, não existem!
Castigo e punição
no universo também não!
Não confundir fase má
com fase complicada,
uma desaparecerá
outra morrerá.

Fiel aos seus princípios
tal qual Abraão
caminhos e consequências
outras coisas são e não punição.
Se tudo está difícil,
numa realidade negativa
há que deixar entrar, influencia positiva.

O mel e o leite correrão
acompanhando valores e evolução,
ao seu redor, alegrias voltarão.
A felicidade e o caos sempre funcionarão.
O universo não trabalha com injustiças
mas sim com retorno,
mudanças ao nosso redor
com certeza, trarão, novos dias sem dor.

 

Paulo Brites